Revista Vogue – Sonho Possível

Com o ElectroMuscleS®, equipamento de última geração que enrijece os músculos e promove queima de gordura, você consegue fazer até 20 mil abdominais em 20 minutos sem esforço

Tecnologia não invasiva para tonificar músculos e queimar gordura, o ElectroMuscleS® chega em boa hora ao mercado: ele pode ser um grande aliado na recuperação da massa magra perdida durante a quarentena, assim como para dissipar a gordurinha adquirida no período.

“O equipamento emprega a energia eletromagnética para promover contrações musculares intensas e profundas, as chamadas contrações supramáximas, que não são atingidas quando fazemos exercícios físicos voluntários”, afirma Tainá Maia, mestre em Bioquímica Médica e expert em estética. “Essas contrações poderosas garantem um resultado muito mais efetivo no estímulo às fibras musculares e, consequentemente, na tonicidade e no volume muscular”, diz.

Assim, uma sessão de 30 minutos pode equivaler a 20 mil abdominais ou o mesmo número de agachamentos. Já a diminuição da gordura é consequência do aumento da taxa metabólica oferecido pelo tratamento.

De acordo com pesquisas feitas pelo fabricante, foram observados, em média, uma redução de 19% na camada lipídica e um aumento de 16% da massa muscular. Resumindo: o corpo fica mais firme e definido, com um contorno mais delineado. Além de ser modulada para trabalhar o músculo, a radiação eletromagnética do ElectroMuscleS® pode ser direcionada também para tratar a pele, diminuindo flacidez, edemas e inchaços.

“No caso dos glúteos, por exemplo, o tratamento é completo: você consegue melhorar a firmeza, o volume, a forma e ainda combater a celulite. Isso é um diferencial importante”, pontua Tainá. Ela destaca ainda outra vantagem: “A máquina chega à maior intensidade do mercado, o que torna possível estimular músculos até mesmo de atletas”.

O protocolo, claro, é feito de acordo com as características de cada paciente; em pessoas sedentárias e idosas, a intensidade costuma ser mais leve. “Os estudos demonstram, porém, que todos se beneficiam igualmente, com aumento de músculos e perda de gordura”, garante a especialista.

“Considero essa tecnologia a última palavra em termos de estimulação muscular não invasiva”, diz o cirurgião plástico Ricardo Cavalcanti Ribeiro, chefe da Divisão de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio).

Segundo ele, os pacientes da sua clínica se surpreenderam com o resultado.

“É possível aumentar a massa magra de forma segura em apenas cinco sessões”, relata. O tratamento pode ser feito em várias partes do corpo, como abdômen, glúteos, interno de coxa, braços e costas. São indicadas de quatro a seis sessões, duas vezes por semana, e o valor de cada uma varia entre R$ 600 e R$ 900, dependendo da região. A aplicação é tranquila e rápida – não dói nem queima, mas dá para sentir a forte contração do músculo (a área, no entanto, não fica dolorida depois).

O ElectroMuscleS® está disponível nas melhores clínicas do Brasil.