Rejuvenescimento íntimo

Flacidez da vulva

Não é apenas a face que sofre com o envelhecimento. Outras regiões também são afetadas, como a vagina, que passa por diversas alterações físicas e fisiológicas, podendo interferir na saúde sexual. A flacidez vaginal é relativamente comum em mulheres de meia idade, principalmente após a menopausa, quando há queda do estrogênio. Sedentarismo, tabagismo e múltiplos partos também são fatores que podem levar ao agravamento do quadro.

Para amenizar os efeitos da flacidez vaginal, são indicados tratamentos com laser e preenchimento dos lábios. O efeito fototérmico do laser nas fibras de colágeno estimula a neocolagênese, com melhora na elasticidade e aparência da pele. O preenchimento promove o aumento dos grandes lábios, tratando a flacidez e as deformidades.


Escurecimento vaginal

O escurecimento vaginal é provocado por alterações na pigmentação, sendo mais comum em peles morenas ou negras. Apesar de causar incômodo estético, essa alteração na coloração é um processo fisiológico normal do corpo, pois na região íntima existe maior atividade pigmentar, ocasionada pelo aumento na produção de melanina (pigmento que possui como função dar cor à pele). Um dos tratamentos mais eficazes é o laser, procedimento minimamente invasivo e indolor para a maioria das mulheres.


Incontinência Urinária

Até pouco tempo atrás, somente a cirurgia era capaz de resolver a incontinência urinária, exigindo repouso ou até mesmo a inserção de fitas (slings). Com a chegada do Erbium Fotona, as aplicações são feitas em regime ambulatorial, sem desconforto, sem cortes e sem sangramentos, com rápida recuperação e reinício de atividades sexuais. O procedimento a laser tem resultados com índices de 86% de aprovação das pacientes. O Erbium Fotona é um tratamento a laser não ablativo (não queima), fracionado, que é colocado dentro da vagina por uma ponteira especial, que emite uma luz que estimula a parede, melhorando a hidratação e também a formação do colágeno. O tratamento clínico procura reabilitar as estruturas do assoalho pélvico e tem como vantagem o baixo índice de complicações e, como ganho secundário, a melhora no desempenho sexual da mulher.


Síndrome do Alargamento Vaginal

O canal vaginal tem seu diâmetro definido pelo conjunto de músculos do assoalho pélvico e dos ligamentos. Mesmo na ausência de partos vaginais, o relaxamento vaginal pode ser observado pela perda do tônus dessa musculatura. A menopausa agrava os efeitos, pela menor presença de colágeno e elastina. Essa síndrome faz com que a mulher tenha dificuldades nas relações sexuais, minimizando o prazer tanto para ela como para o parceiro, causando desconforto. Um dos tratamentos mais eficazes é o laser, aplicado no canal vaginal em, no mínimo, duas sessões, no próprio consultório, sem desconforto algum para a paciente e com a mais rápida recuperação. O laser promove também aumento do colágeno e elastina, aumentando a vascularização dos tecidos de sustentação vaginal, proporcionando uma redução do diâmetro do canal vaginal e aumentando a percepção do preenchimento vaginal nas relações sexuais.


Ressecamento Vaginal

Secura vaginal é a diminuição ou ausência de umidificação natural da vagina. Graças a um muco transparente que visa à proteção das paredes vaginais e mostra a excitação feminina, a vagina mantém a sua elasticidade e uma textura macia. Além da dor, a secura vaginal pode afetar a harmonia do casal e levar a problemas psicológicos nas mulheres. Uma recente pesquisa descobriu que 5% das mulheres sofrem com secura vaginal. Um problema que torna o sexo desconfortável, dolorido e algumas vezes até impossível. O tratamento com o Fotona utiliza a luz do laser Erbium para estimular a formação de colágeno na camada da mucosa vaginal, além de promover um tensionamento dessa mucosa e promover a melhora da hidratação vaginal.