Queda de cabelo

Tratamento Capilar no Rio de Janeiro

Embora o tratamento capilar seja mais buscado entre os homens, a calvície feminina também ocorre e é mais comum do que se imagina.

Em ambos os casos, o diagnóstico é fundamental. Um médico dermatologista deve examinar cada caso individualmente para que o tratamento adequado seja iniciado o quanto antes.

O importante é saber que em muitos casos é possível diminuir e até parar a queda de cabelo.

Tipos de queda de cabelo

A queda de cabelo também é conhecida como alopecia. Existem diversos tipos de alopecia. Aqui falaremos das mais comuns e de alguns tratamentos disponíveis.

Alopecia areata

Ela acomete até 2% da população mundial. É um quadro caracterizado pela perda dos cabelos em forma oval ou arredondada. Pode levar a perda total dos cabelos e/ou pelos do corpo, incluindo os cílios.

Fatores emocionais, traumas físicos e quadros infecciosos podem desencadear ou agravar o quadro. A evolução da alopecia areata não é previsível. O cabelo sempre pode crescer novamente, mesmo que haja perda total. Isto ocorre porque a doença não destrói os folículos pilosos, apenas os mantêm inativos pela inflamação. Entretanto, novos surtos podem ocorrer. Cada caso é único.

Diversos tratamentos estão disponíveis para a alopecia areata:

Medicamentos tópicos como minoxidil, corticoides e antralina podem ser associados a tratamentos mais agressivos como sensibilizantes (difenciprona) ou metotrexate.

Corticóides injetáveis podem ser usados em áreas bem delimitadas do couro cabeludo ou do corpo. A opção deve ser realizada pelo dermatologista em conjunto com o paciente.

Os tratamentos capilares visam controlar a doença, reduzir as falhas e evitar que novas surjam. Eles estimulam o folículo a produzir cabelo novamente, e precisam continuar até que a doença desapareça.

Atenção: evitar a “automedicação”. Somente um médico dermatologista pode prescrever a opção mais adequada.

Alopecia androgenética

Já esse é o caso mais comum, e, segundo pesquisas, pode ocorrer em até 90% da população masculina – embora também acometa as mulheres. Sua causa é de origem genética autonomia dominante, ou seja, basta somente a presença de um gene, vindo de um dos pais, para o filho manifestar a patologia.

Por que os cabelos caem?

Na calvície, ocorre a miniaturização progressiva dos fios, ou seja, a transformação de fios grossos (chamados pêlos terminais) em fios finos e cada vez mais curtos (chamados de velus ou penugem). A calvície é também chamada de alopecia androgenética (AAG). Inicia-se na região das têmporas (entradas), e evolui acometendo toda superfície do couro cabeludo até a coroa (vértex).

Os hormônios sexuais têm um papel importante na AAG. A Testosterona reage com uma enzima chamada de 5-alfa-reductase tipo II, presente nos folículos, transformando-se em dihidrotestosterona, ou DHT. Sabe-se que os homens tem 40% mais receptores para 5 alfa redutase na região frontal e que possuem 3,5 vezes mais 5 alfa redutase do que as mulheres.

Isto explica porque na maioria das vezes a calvície masculina se inicia pela região frontal. A DHT é 5 vezes mais potente que a testosterona, e é ela quem age no folículo capilar levando à miniaturização do fio de cabelo.

A Testosterona tem sua produção aumentada com o início da puberdade, por isso que muitos quadros de AAG têm início nesse período. A quantidade de testosterona é igual nos pacientes calvos e não calvos, porém a DHT é maior nos calvos.

Não existe aumento de testosterona na corrente sanguínea dos pacientes calvos, o que ocorre é uma sensibilidade dos receptores celulares de certas regiões do couro cabeludo, a DHT nos pacientes que possuem herança genética para a calvície.

Existem diversas medicações que podem ser utilizadas, dependendo de cada caso.

Conheça alguns dos tratamentos capilares utilizados para queda de cabelos em nossa Clínica:

PRP

O Plasma Rico em Plaquetas (A– PRP, A = Autólogo) vem revolucionando tratamentos nas diversas áreas médicas, já que utiliza de uma forma incrementada, o que nosso organismo é capaz de fazer todos os dias, ou seja, a autorreparação e a regeneração tecidual.

As plaquetas são fatores-chave nos mecanismos de reparação de tecidos. Elas também estimulam fibroblastos e células endoteliais para induzir respectivamente uma nova deposição de matriz extracelular e neo-vascularização.

O plasma contém muitos fatores essenciais para a sobrevivência celular, incluindo nutrientes, vitaminas, hormônios, eletrólitos, fatores de crescimento como IGF, HGF e proteínas.

MMP

Outro tratamento capilar que pode trazer resultados muito interessantes é o MMP (Microinfusão de Medicamentos na Pele). Nesse caso são aplicados medicamentos diretamente no couro cabeludo para tratar o quadro de Queda de Cabelo.

LED (Diodo Emissor de Luz)

O LED é um laser de baixa intensidade que, ao entrar em contato com o couro cabeludo, transforma a energia luminosa em energia celular. Esse tratamento promove diminuição da inflamação local e aumento da microcirculação, sendo um adjuvante nos tratamentos de queda.

Fotona Capilar

Dentre as várias aplicações do Fotona, o tratamento para queda de cabelo pode ter ótimos resultados com essa máquina. Além de ativar as células promovendo o aumento da microcirculação local, o laser, em contato com o couro cabeludo, cria microlesões invisíveis que facilitam a penetração de medicamentos. Uma técnica chamada de DrugDelivery.

Transplante Capilar

Clique aqui para ler mais sobre o assunto.

A escolha dos tratamentos será feita pelo médico dermatologista após consulta e exames específicos para cada caso.

Clínica Paula Chicralla: Tratamento para queda de cabelo na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

Entre em contato conosco pelo WhatsApp, e obtenha mais informações sobre como agendar a sua avaliação e iniciar o tratamento capilar adequado para o seu caso.

Tratamentos:

Tricoscopia

A tricoscopia é o exame dermatoscópico do couro cabeludo que permite o diagnóstico e o acompanhamento das diversas causas de alopecias, como as calvícies de padrão feminino e masculino, queda crônica dos fios, e outras doenças que acometem o couro cabeludo, como alopecia areata e lúpus, entre outras. Este novo programa torna possível documentar digitalmente…

Continue lendo

LED Light Emitter Diode (Diodo Emissor de Luz)

O LEDs é um procedimento recomendado para tanto para o tratamento de acne, por ter uma ação antibactericida, quanto para combater a queda de cabelo. Este laser de baixa intensidade estimula a microcirculação, revitalizando o cabelo e tornando-o mais forte, espesso e resistente, além de estimular seu crescimento.

Fotona Capilar

O Fotona Capital é o procedimento mais moderno para controlar a queda de cabelo e estimular o crescimento dos fios. Também é um tratamento que facilita e potencializa a penetração de medicamentos específicos para o crescimento capilar.

MMP (Microinfusao de Medicamentos na Pele)

Técnica para facilitar a entrada e potencializar a penetração de princípios ativos reduzindo não só o tempo necessário para que o resultado apareça como o número de sessões necessárias. São realizadas microperfurações para vencer a barreira natural da pele, entregando os medicamentos mais profundamente e de forma concentrada. Pós-tratamento: Vida normal. Protocolo: 4 sessões, mensal….

Continue lendo