Dicas para o cabelo crescer: mitos e verdades

O que você faz quando recebe dicas para o cabelo crescer? Experimenta logo ou prefere pesquisar antes, se funciona?

Algumas dicas fazem sentido, mas outras podem ser total perda de tempo. 

Então leia o artigo até o final para distinguir o que é mito e o que é verdade nesse universo dos cabelos. Boa leitura!

Mitos e verdades entre as dicas para o cabelo crescer

O cabelo costuma crescer de 1 a 1,5 cm por mês, quantidade que depende dos hábitos de vida da pessoa.

Aliás, o estilo de vida pode realmente determinar a sua aparência. Isso porque o estresse pode causar a perda de até 50% do cabelo.

Situações assim mais graves, incluindo os famosos cortes químicos, costumam levar muitas pessoas a seguir dicas aleatórias encontradas pelas redes sociais. 

Algumas delas funcionam, outras não. Veja só:

Deixar o cabelo sujo 

Mito. Quando passa da hora de lavar o cabelo, o couro cabeludo pode ficar oleoso, concentrando DHT (di-hidrotestosterona), hormônio da calvície.

Por isso, o adequado é lavar o cabelo com regularidade, principalmente caso ele apresente algum sinal de oleosidade.

Pentear os fios antes de dormir

Verdade. O ato de pentear o cabelo estimula a circulação no couro cabeludo, garante a oxigenação, melhora a nutrição e isso tudo pode ajudar no crescimento dos fios.

Cortar o cabelo

Mito. O cabelo é feito de uma parte que é viva, o couro cabeludo, e uma região morta, a fibra capilar.

Quando você vai ao salão e corta o cabelo na esperança dos fios crescerem mais rápido, nada vai acontecer, na verdade. Porque as pontas fazem parte de um fio morto, sem conexão com o couro cabeludo — onde nascem novos fios. 

Mas o corte até pode ajudar, por eliminar as partes mais ressecadas e favorecer um crescimento contínuo do cabelo.

Colocar anticoncepcional no shampoo

Mito. O anticoncepcional é incapaz de penetrar no couro cabeludo, assim como o óleo de coco ou de rícino — outras substâncias indicadas por aí.

Mas se o medicamento for utilizado via oral, normalmente, sim, ele pode influenciar no crescimento do cabelo.

Tratamentos com gengibre

Verdade. A planta é rica em magnésio, potássio e outros nutrientes — o que pode ajudar no crescimento do cabelo. 

Mas não é simples assim, como as receitas caseiras fazem parecer. A quantidade que os fios precisam é bem maior do que a que ingerimos. A melhor opção é conversar com seu médico e, quem sabe, adquirir algum produto capilar com gengibre na sua formulação.

Suplementar o ferro

Verdade. Assim como as proteínas (queratina, principalmente), o ferro também faz parte da estrutura do cabelo. Mas as mulheres tendem a ter menos desse mineral no corpo, por alguns fatores como:

  • menstruação;
  • menor absorção de ferro;
  • dietas com uma menor quantidade de ferro.

Mas lembre que para normalizar as quantidades de ferro no organismo, você precisa de uma consulta médica. Suplementos são remédios tão sérios quanto os outros e podem causar problemas, se ingeridos por conta própria.

Fazer tranças 

Mito. Da mesma forma que a dica do cabelo sujo, fazer tranças, na verdade, pode piorar a situação — contribuindo para a queda dos fios. Toda vez que você prende o cabelo com algo, a tração pode quebrar os fios. 

No caso do estilo box braids, que são tranças rentes à raiz do cabelo, até podem ajudar. Elas duram cerca de três semanas no cabelo e, assim, ele ganha comprimento.

E você, já seguiu alguma dica para cabelo, mas que não deu certo? Marque sua avaliação e cuide do seu cabelo conosco!

Responsável técnico:

Dra. Paula Chicralla (CRM: 5279669-7 / RQE: 15402) 

Imagem: Freepik / ansiia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clínica Paula Chicralla

Av. das Américas, 3500, Bloco 6, Loja C,
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - RJ, 22640-102.

  • Estacionamento valet disponível.
  • Acessibilidade para cadeirantes.
Traçar rota até a clínica